Posts Tagged ‘política’

Pastor Youcef Nadharkani escreve carta de agradecimento a cristãos de todo o mundo

Pastor Youcef Nadharkani escreve carta de agradecimento a cristãos de todo o mundo

O pastor iraniano Youcef Nadharkani, libertado da prisão em 8 de setembro, escreveu uma carta a todos os cristãos que o apoiaram em sua posição de manter a fé em meio ao cárcere imposto pelo sistema judiciário do país. Ele permaneceu preso por 1062 dias, pouco menos de 3 anos, pelo crime de apostasia e por pregar o evangelho a muçulmanos.

Na carta, Nadharkani comenta sobre a prova de fé por que passou. “Fui posto à prova, passei num teste de fé (…) Mas nunca senti solidão, eu estava o tempo todo consciente do fato de que não era uma luta solitária”, escreveu.

A prisão do líder religioso foi considerada ilegal por violar a a diretriz de liberdade religiosa iraniana e internacional.

O caso de Nadharkani ganhou o mundo e um clamor internacional foi levantado pela sua libertação. O Centro Americano para Lei e Justiça (ACLJ) realizou uma campanha que atingiu cerca de 3,1 milhões de contas no Twitter com notícias sobre sua prisão.

Outros organismos internacionais como a União Européia e o congresso norte-americano também atuaram pressionando o Irã por violar a Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Apesar de ter sido oferecido por três vezes a Nadarkhani a oportunidade de retornar ao islamismo, o líder religioso nunca aceitou renunciar à fé cristã.

 

Veja a carta do pastor Youcef Nadharkani divulgada pela ACLJ:

“Não a nós, Senhor, nenhuma glória para nós, mas sim ao teu nome, por teu amor e “Não a nós, Senhor, nenhuma glória para nós, mas sim ao teu nome, por teu amor e por tua fidelidade!… Salmo 115:1

Salaam! (A paz esteja com você!)

Eu glorifico e dou graça ao Senhor com todo o meu coração. Sou grato por todas as bênçãos que Ele me deu durante toda a minha vida. Sou especialmente grato por Sua bondade e proteção divina que estiveram presentes durante a minha detenção.

Eu também quero expressar a minha gratidão para com aqueles que, em todo o mundo, têm trabalhado por minha causa ou, devo dizer, a causa que eu defendo. Quero expressar a minha gratidão a todos aqueles que me apoiaram, abertamente ou em completo sigilo. Está tudo muito claro em meu coração. Que o Senhor te abençoe e te dê a Sua Graça perfeita e soberana.

Na verdade, eu fui posto à prova, passei num teste de fé que, de acordo com as Escrituras, é “mais preciosa do que o ouro perecível”. Mas eu nunca senti solidão, eu estava o tempo todo consciente do fato de que não era uma luta solitária, pois eu sentia toda a energia e apoio daqueles que obedeceram a sua consciência e lutaram para a promoção da justiça e dos direitos de todos os seres humanos. Graças a estes esforços, tenho agora a enorme alegria de estar de novo com minha maravilhosa esposa e meus filhos. Sou grato a essas pessoas através das quais Deus tem trabalhado. Tudo isso é muito encorajador.

Durante esse período, tive a oportunidade de experimentar de uma forma maravilhosa a passagem da Escritura que diz: “Porque, como as aflições de Cristo transbordam para conosco, assim também por meio de Cristo transborda a nossa consolação.” [2 Co 1:5]. Ele confortou a minha família e lhes deu condições de enfrentar essa situação difícil. Em sua graça, Ele supriu suas necessidades espirituais e materiais, tirando um peso de minhas costas.

O Senhor maravilhosamente me conduziu durante os julgamentos, permitindo-me enfrentar os desafios que estavam na minha frente. Como a Bíblia diz: “Deus não nos deixa ser provados acima de nossa força…”.

Apesar de eu ter sido considerado culpado de apostasia, de acordo com uma certa interpretação da sharia, agradeço que o Senhor deu, aos líderes do país, a sabedoria para findar esse julgamento, levando em conta outros fatos. É óbvio que os defensores do direito iraniano e os juristas têm feito esforço importante junto às Nações Unidas para fazer cumprir a lei e o direito. Eu quero agradecer a todos aqueles que defenderam a verdade até o fim.

Estou feliz de viver em uma época em que podemos ter um olhar crítico e construtivo em relação ao passado. Isto permitiu que o surgimento de textos universais visando a promoção dos direitos do homem. Hoje, somos devedores desses esforços prestados por pessoas queridas que já trabalharam em prol do respeito da dignidade humana e passaram para nós estes textos universais importantes.

Eu também sou devedor àqueles que fielmente ensinaram sobre a Palavra de Deus, para que a própria Palavra nos fizesse herdeiros de Deus.

Antes de terminar, quero fazer uma oração pelo estabelecimento de uma paz universal e sem fim, de modo que seja feita a vontade do Pai, assim na terra como no céu. Na verdade, tudo passa, mas a Palavra de Deus, fonte de toda a paz, vai durar eternamente.

Que a graça e a misericórdia de Deus seja multiplicada sobre vocês. Amém!

Yousef Nadarkhani”

 

Por Jussara Teixeira para o Gospel+

DIP – Domingo da Igreja Perseguida

O DIP, Domingo da Igreja Perseguida, é um culto anual destinado à conscientização da igreja brasileira a respeito dos cristãos perseguidos, promovida pela Missões Portas Abertas e realizada em parceria com igrejas voluntárias.

“Ora, todos quantos querem viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos.” 2 Timóteo 3.12

Milhões de cristãos, ao redor do mundo, tem sua liberdade religiosa restrita, impedindo-os de adorarem a Deus de forma pública. Portanto, sob esconderijos e refúgios, estes servos de Deus mantém acesa a chama da adoração a Deus!

“(…) Seria bom que louvássemos a Ti por cada um que proclama que Jesus é o Senhor, apesar do risco de ser agredido, molestado ou levado ao tribunal. Seria bom que orássemos para que eles saibam que não estão sozinhos. Desta forma, seriam fortificados ainda mais com a presença do Espírito Santo e saberiam que seus irmãos e irmãs não os esqueceram. (…)”

Analise os dados abaixo:

  • O país número 1 em perseguição a cristãos é a Coreia do Norte;
  • Na Arábia Saudita, uma pessoa que pratica o cristianismo pode ser apedrejada ou decapitada.
  • Mais de 90% dos cristãos chineses se reúnem para louvar a Deus em segredo, em igrejas domésticas ilegais para evitar os regulamentos e restrições governamentais.
  • Há apenas uma igreja cristã na Faixa de Gaza e o número de membros diminuiu para menos de 100 pessoas.
  • A Argélia é 1/4 do tamanho do estado do Texas, nos Estados Unidos, e apenas 3% da população é cristã.
  • No Irã são faladas 69 línguas e a Bíblia foi traduzida completamente para apenas três delas. O Irã ocupa o segundo lugar em perseguição contra os cristãos.
  • Acredita-se que existam menos de 500 cristãos vivendo nas Maldivas.
  • No Sudão, pregar publicamente o evangelho é passível de espancamento ou prisão.
  • Os cristãos são menos de 1,7% da população do Paquistão e mais de 70% deles vive abaixo da linha de pobreza.
  • Estima-se que existam 1.100 cristãos missionários vivendo na Turquia.

VOCÊ PRECISA FAZER ALGUMA COISA!

Saiba mais em http://www.portasabertas.org.br

Siglas – Luis Fernando Veríssimo

SIGLAS
Luís Fernando Veríssimo

– Bota aí: “P”
– “P”?
– De “Partido”.
– Ah.
– Nossa proposta qual é? De união, certo? Acho que a palavra “União” deve constar do nome.
– Certo. Partido de União…
– Mobilizadora!
– Boa! Dá a ideia de ação, de congraçamento dinâmico. Partido da União Mobilizadora. Como é que fica a sigla?
– PUM.
– Não sei não…
– É. Vamos tentar outro. Deixa ver. “P”…
– “P” é tranquilo.
– Acho que “Social” tem que constar.
– Claro. Partido Social…
– Trabalhista?
– Fica PST. Não dá.
– É. Iam acabar nos chamando de “Ei, você”.
– E mesmo “trabalhista”, não sei. Alguém aqui é trabalhista?
– Isso é o de menos. Vamos ver. “P”…
– Quem sabe a gente esquece o “P”?
– É. O “P” atrapalha. Bota “A”, de Aliança. Aliança Inovadora…
– AI.
– Que foi?
– Não. A sigla. Fica AI.
– Espera. Eu ainda não terminei. Aliança Inovadora… de Arregimentação Institucional.
– AIAI… Sei não.
– É. Pode ser mal interpretado.
– Vanguarda Conservadora?
– Você enlouqueceu? Fica VC.
– Aliança Republicana de Renovação do Estado.
– ARRE!
– O quê?
– Calma.
– Espera aí, pessoal. Quem sabe a gente define a posição ideológica do partido antes de pensar na sigla? Qual é, exatamente, a nossa posição?
– Bom, eu diria que estamos entre a centro-esquerda e a centro-direita.
– Então é no centro.
– Também não vamos ser radicais…
– Nós somos a favor da reforma agrária?
– Somos, desde que não toquem na terra.
– Aceitaremos qualquer coalizão partidária para impedir a propagação do comunismo no Brasil.
– Inclusive com o PCB e o PC do B?
– Claro.
– Não devemos ter medo de acordos e alianças. Afinal, um partido faz pactos políticos por uma razão mais alta.
– Exato. A de chegar ao poder e esquecer os pactos que fez.
– Partido Ecumênico Republicano Unido.
– PERU?
– Movimento Institucionalista Alerta e Unido.
– MIAU?
– Que tal KIM?
– O que significa?
– Nada, eu só acho o nome bonito.
– MUMU. Movimento Ufanista Mobilização e União.
– MMM… Movimento Moderador Monarquista.
– Mas nós somos republicanos.
– Eu sei. Mas por uma boa sigla a gente muda.
– TCHAU.
– Hum, boa. Trabalho e Capital em Harmonia com Amor e União?
– Não, é tchau mesmo.
– Aonde é que você vai?
– Abrir uma dissidência.

Luis Fernando Veríssimo

Para refletir: saúde pública

Chicote Estrala

Chicote Estrala
Apocalipse 16
Composição : Pregador Luo e Rogério Serralheiro

Sem trabalho, sem salário, sem comida, dentro do armário,
Sistema falho, sem estudo, falta de tudo, fim do mundo,
Absurdo, já não me iludo, poder fajuto, dinheiro imundo,
Comprando todo mundo,
Passagem de ida somente para o fundo.
Quem não se vende, os homens prendem,
Quem não paga, os homens matam,
E assim a maldade propaga.

Quantos réus ainda mais eles querem?
Quantos milhões ainda mais eles querem?
Quantos mortos ainda mais eles querem?
Quantos órfãos ainda mais eles querem?
Quantas prostitutas ainda mais eles querem?
Quantos inocentes nesses jogos se ferem?
A justiça virá, tenha calma, esperem!
Eu vou lamentar, mas cabeças vão rolar.

Quantos nomes estão na lista
dos que vão pagar, no dia da justiça.
Muitos nomes estão na fila
dos que vão sangrar, no dia da justiça.
Abre seu olho, não se enfeitiça.
Não suje sua honra nessa imundície,
Não desperdiça sua vida com cobiça.
Quem participa nessas “fitas” vai pagar com a vida.
Eu li na bíblia, tá confirmado,
O sangue dos justos e pequeninos, por Jesus será vingado!

Quem oprime e vive no crime não sai impune,
Não sai, não sai não.
A justiça do céu vai vigorar,
O homem cruel um dia vai pagar.

Pra quem oprime o povo pobre que rala,
O chicote estrala, o chicote estrala;
Com o fruto do seu roubo na mala,
O chicote estrala, o chicote estrala;
E pra que mata o inocente a bala,
O chicote estrala, o chicote estrala;
Autoridade que vê tudo e se cala,
O chicote estrala.

Cansado de tantas promessas
Segue na avenida, de tudo duvida,
Vai empurrando a vida com a barriga.
Quem era antes esperança ia pra urna digitando confiança.
De tão inocente, ficava até doente, mas hoje não mais.
Se sente impotente e incapaz,
Mas a onda leva e traz, e não desacredita.
O mundo gira, a punição pra toda essa mentira um dia vem.

O discurso preparado, tudo bem pensado,
O assessor do lado, pra que nada saia errado.
Eloquente, esses dias eu vi dois deles, frente a frente,
Que confusão na minha mente.
Convincentes, isso que é o pior,
Não consegui sacar quem mentia melhor.
Estão matando gente, por um pouco de papel.
Desenterraram agora até o Celso Daniel.
O cheiro de toda essa maldade já subiu aos céus.
O perverso um dia sentará no banco dos réus.
Não adianta se esconder nos Alpes
Com o fruto de todos os seus desfalques.
Se não pagar aqui na terra, pagará na eternidade.
O justo juiz conhece toda a verdade.
E pra quem acha que tudo termina em pizza,
Eu quero ver quando o chicote estralar.

Pra quem oprime o povo pobre que rala,
O chicote estrala, o chicote estrala;
Com o fruto do seu roubo na mala,
O chicote estrala, o chicote estrala;
E pra que mata o inocente a bala,
O chicote estrala, o chicote estrala;
Autoridade que vê tudo e se cala,
O chicote estrala.

Deus, eu confio em Ti
E na justiça que fará por mim!

Deus, eu confio em Ti
E na justiça que fará por mim!

18/05: Dia nacional de combate ao abuso e à exploração de crianças e adolescentes

A data de 18 de maio foi estabelecida em 2000, pela Lei Federal nº 9.970, como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Tem como objetivo mobilizar a sociedade para o problema da violência sexual infanto-juvenil. A participação da população é fundamental para que este crime seja denunciado e punido, mas principalmente para que o jovem tenha sua sexualidade respeitada.

Saiba como denunciar no site da ABRAPIA: http://www.abrapia.org.br ou ligue para 0800 990500.

Como surgiu o 18 de maio
A data foi escolhida porque em 18 de maio de 1973 em Vitória-ES um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Crime Aracelli”. Esse era o nome de uma menina de apenas 08 anos de idade que foi raptada, drogada, violentada, morta e carbonizada por jovens de classe média alta daquela cidade. Esse crime, apesar de sua natureza hedionda prescreveu impune. O crime ainda causa indignação e revolta. Para lembramos sempre o Caso Aracelli, o dia 18 de maio foi estabelecido como Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, pela Lei no. 9.970, de 17 de maio de 2000, por iniciativa da então deputada Rita Camata (PMDB/ES), presidente da Frente Parlamentar pela Criança e Adolescente do Congresso Nacional.

A data foi criada para motivar a mobilização dos diferentes setores da sociedade, dos governos e da mídia para formação de uma forte opinião pública contra a violência sexual de criança e adolescente. Espera-se também estimular e encorajar as pessoas a denunciarem/revelarem situações de violência sexual, bem como criar possibilidades e incentivos para implantação e implementação de ações de políticas públicas capazes de fazer o enfrentamento do problema.

Fonte: http://www.ipas.org.br/

Reflita: moradores de rua

%d blogueiros gostam disto: